Patricia_Reis 1

Episódio 2 de 8
23 JAN 23
22:25 RTP 1
Duração: 40 min

Patricia Reis é uma escritora e jornalista profundamente lisboeta.
O seu Portugal “encontra-se” entre a ginjinha e o pastel de nata, atravessando as ruas da Feira da Ladra
de uma Lisboa que não a deixa indiferente.
Um olhar cáustico e desconcertante de Portugal por uma voz feminina, parcial e portuguesa.
(do site da RTP 1).

O primeiro convidado foi, na semana passada, José Luís Peixoto. 100mim viu e viu que em horário nobre voltaram as entrevistas diferentes daquelas do costume: futebol, futebol, futebol. Ou novelas. Etc. E foi nobre porque Portugal brilhou, José Luis Peixoto brilhou e mais. Uma vez perguntei ao José Manuel Fernandes qual era o segredo do “entrevistar” (ele estava no lançamento de um livro seu com uma entrevista). Ele respondeu: “deixe-o falar”. Percebi muito bem (então eu, que falo pelos cotovelos). Concordo, mas o segredo passa também pelas pessoas que se encontram nesse “falar” de perguntas e respostas.
Não sei se o Programa de que agora falo é serviço público ou não. Não sei bem o que isso é. Tirou foi muita barriga da fome. Estamos fartos de jornalismo de umbigo. Há quem tenha a arte de brilhar fazendo brilhar os outros. Se calhar não é por acaso que o Luís Osório – o homem que “conduziu” – escreve no Sol. Estão todos de parabéns.

do site da RTP:

“Portugal de…” percorre, durante 40 minutos, o país muitas vezes esquecido, mas às vezes tão perto!
Ao longo de 8 programas totalmente diferentes, “Portugal De:… “ retrata o percurso e a opinião pessoal de 8 figuras marcantes de uma geração sobre Portugal.
O objetivo de cada programa é o de captar a essência de ser português, o porquê, como é ser português.
A identidade portuguesa de hoje, de ontem e amanhã, por portugueses de referência da sua geração.
Procuramos visões e detalhes, pormenores de um Portugal que existe para quem dele se orgulha ou não.
Pretende-se um ambiente de conversa descontraído, intimista, rotineiro, em sítios improváveis e marcantes para os convidados, próximo da sua portugalidade.
As entrevistas são conduzidas pelo jornalista Luís Osório.
A realização é do André Banza e Ricardo Freitas.
A produção é da Até ao Fim do Mundo.

Advertisements