Do baú do 100mim, quando Henrique Leitão apresentou Na FCG a primeira tradução completa de um livro de Galileu: Sidereus Nuncius (O Mensageiro das Estrelas). Foi feita por ele. E “esperamos” 400 anos!

Rezava assim:

GALILEU ESPERA ATÉ AMANHÃ

capa-henrique1

Portugal esperou 400 anos pela primeira tradução completa de um livro de Galileu: Sidereus Nuncius (O Mensageiro das Estrelas). O artista é Henrique Leitão, professor de História da Ciência na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e o pretexto o Ano Internacional da Astronomia, que terminou em Março.

Galileu viu então, através do seu telescópio, a rugosidade da superfície da lua, os satélites de Júpiter, e outras “coisas” que amanhã o tradutor nos vai contar na Festa dos Livros da Gulbenkian, às 18h e 30m.

Fala-se muito de Galileu, mas nem sempre pelas razões cruciais. Onde a tradução na íntegra para português das suas obras? É sempre a questão da falta de conhecimento. “Diz-se”, “Pensa-se”…

Advertisements