Depois do artigo de Papageno aqui no 100mim, ontem (anteontem), fui a correr ver o filme hoje (ontem). Amanhã (mais logo) também boto discurso. Mas como faltava o Janeiro da Paz 29, deixo uma música que Tarantino põe já quase no final do filme, e que não pode passar ignorada.

Advertisements