Era a Royal Concertgebouw Orchestra, com o maestro Mariss Jansons. Eu gosto muito deste último andamento. Traz presente a Rússia e os russos: lugar de firmeza e ternura. De Arte. Do romantismo e drama que a vida abraça.

Advertisements