Iván C

Meu EMÉRITO preferido: deixaste e eu mergulhei no teu coração. “sempre e para sempre”. Só com a tua certeza bem crucificada valem estas palavras que ontem disseste:”…sempre soube que a barca da Igreja não é minha, não é nossa, mas dEle. E o Senhor não a deixa afundar; é Ele que a conduz, certamente através dos homens que escolheu, porque assim o quis. Esta foi e é uma certeza, que nada pode obscurecer. E é por isso que hoje o meu coração está cheio de gratidão a Deus porque nunca fez faltar a toda a Igreja, e também a mim, a sua consolação, a sua luz, o seu amor.” (Bento XVI, 27 Fevereiro 2013). Mesmo quando tudo parece dizer “não”. Tarkovsky também sabia.

Advertisements