A Entrevista ao curador da Exposição, Henrique Leitão, vem na Newsletter da FCG, Fev. 2013 – pp.4-7
http://www.gulbenkian.pt/media/files/FTP_files/NL/NL140/index.html
360_rect

Henrique Leitão não é para brincadeiras. Foi há semanas eleito para a Academia Internacional de História das Ciências, o que põe fim a mais de meio século sem que um historiador português tenha tido esta distinção. Foi ele que, após 400 anos “escondido”, fez a primeira tradução completa de um livro de Galileu: Sidereus Nuncius (O Mensageiro das Estrelas). O professor de História da Ciência na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e membro da Academia das Ciências dá-nos em português que Galileu viu então, através do seu telescópio, a rugosidade da superfície da lua, os satélites de Júpiter, etc. E não parava de contar os seus feitos “históricos” (da ciência) por mares nunca dantes navegados. A direção da edição da Obra Completa de Pedro Nunes, a Exposição na Biblioteca Nacional de manuscritos sobre o ensino da ciência à época do Marquês de Pombal…Inestimáveis.

Sabem porque não se destaca este trabalho? Eu sei, mas não digo. Só espero que a partir de amanhã seja diferente. Todos ficariamos a ganhar com isso. Ele? Faz por amor à Ciência. Não lhe interessa o resto. Ele é 5 estrelas e todas mais.

Siderius2

Advertisements