Assim é que é. Dizer o que se pensa, mesmo em matérias que para muitos estão acantonadas no “privado”. Essa dicotomia é falsa. Para­béns pelo que tes­te­mu­nha ( e não é de cor), tam­bém por­que ajuda a enter­rar — e com argu­men­tos — a dico­to­mia público/privado que nos impin­gem desde Kant. Agora ainda há a ques­tão do Céu na terra. Diz neste video que o Papa não é o Céu na Terra. Ele não, claro. Mas se ouvirmos tudo o que ele tra-diz, ele afirma com argu­men­tos que o Céu “está” na terra.
Um homem público a expor-se assim é mais humano. Por isso em vez de perder, só ganha em profissionalismo. Eu também não acredito no “neutro” (que Descartes nos martela, mas que nem para ele conseguiu).
You keep your hat on. Obrigada.

Advertisements