Da Wikiwiki: Federico Fellini (Rimini20 de Janeiro, 1920 — Roma31 de Outubro1993) foi um dos mais importantes cineastas italianos.

Fellini ficou eternizado pela poesia de seus filmes, que, mesmo quando faziam sérias críticas à sociedade, não deixavam a magia do cinema desaparecer. Fellini ficou famoso pela estrutura cult de seus filmes. Geralmente fazia críticas ao totalitarismo,marxismo, à Igreja Católica (Fellini chegou às vezes até a elogiá-la apesar das críticas que ele fazia à Igreja), capitalismo e a influência americana nos costumes de outros países, principalmente na Itália.

La strada (1954) é considerado uma das grandes obras-primas de Fellini e possui trilha sonora do compositor Nino Rota, habitual colaborador de Fellini.

O filme pertence ao movimento neo-realista, que retrata a Itália do pós-guerra, decadente, cheia de miséria e fome. Esta estética também está presente em outros trabalhos de Fellini, como Luci del varietà (Mulheres e luzes, 1950), Lo sceicco bianco(Abismo de um sonho, 1952), I vitelloni (Os boas vidas, 1953) e Le notti di Cabiria (Noites de Cabíria, 1957).

Conta a história de Gelsomina, uma mulher humilde e ingênua, que é vendida por sua mãe para Zampanò, um homem rude que trabalha fazendo apresentações em diversos locais. Num dado momento, cruza seus caminhos o equilibrista conhecido como “O Louco”, que adora provocar Zampanò e nutre uma admiração especial por Gelsomina.

Advertisements