Este foi escrito há muitos anos, e não gosto muito. Por isso o título é: “Tentativa de poema sobre o 25 de Abril”.

Guadalupelinda2

insinuaram  o princípio enfeitado

desfizeram arquitecturas obscuras

deixaram as casas, brindaram nas ruas

embriagando-se em palavras de prismas

subiram aos postes e gritaram

teceram a Távola e queimaram

todo o sangue imolado outrora

perdido nos pátios das ruas perdidas

caravelas por terra agora

doutros mares sedentas a caminho

que os fados quinhentos d´outrora

perfumam só de mansinho…

Advertisements