Pinoquio (1)

Pinóquio com o gato e a raposa, ilustração do livro Pinóquio de Carlo Collodi

Não me lixem, muito menos com um F dos grandes!

Papageno*

Não sou um Pinóquio, por isso escusam de me tentar lixar! Sim, refiro-me mesmo aquele menino de madeira que um certo carpinteiro italiano esculpiu no livro de Collodi… Não sou esse boneco que gostava de ser rapaz e a quem cresce o nariz quando mente! Como não sou, não é por me passarem a lixa que fico mais liso, nem na superfície nem no interior. Escusam de tentar polir durante horas, dias e meses com lixa fina, mas também vou já avisando que de nada vos serve pegarem numa daquelas lixas grossas que parecem estar cobertas de grãos de areia! Pois se eu não sou o Pinóquio, muito menos vocês são o S. José ou um qualquer bicho carpinteiro! Por isso escusam de me lixar!

Canta o Variações no Erva Daninha a Alastrar: “ Também não sei se me quero polir / Também não sei se me quero limar / Também não sei se quero fugir / Deste animal, que anda a procurar”. Eu cá sei! Apesar de concordar com o António, quase sempre, nessa estamos em desacordo, porque sei mesmo, tenho aquela certezinha absoluta! Polidas só as unhas! E mesmo assim há dias em que as garras me dão muito jeito… Por isso escusam de me lixar!

Como sou um animal espinhoso compreendo que a maior parte das pessoas não se queiram aproximar, muito menos fazer festas. E estão no seu direito… Os espinhos picam… ai picam, picam, e não é pouco! As vezes baixo-os um pouco, num gesto conciliador, mas cá continuam, bem visíveis, para já não falar quando se eriçam numa demonstração quase obscena. Não gosta, não come, mas não estraga! Por isso escusam de me lixar!

Grande besta que tu me saíste ó Papageno! Ele é penas que nunca mais acabam, ele é picos e garras… Nem no ZOO te querem, e hoje em dia já não há circos de aberrações para fazeres companhia a mulher barbada e ao maior homem do mundo. Pois, não sou feito de ouro, nem sequer de prata, por isso escusam de me polir a ver se brilho mais! Já disse e repito, é uma actividade absolutamente inconsequente, só se desgastam e cansam a vista a olharem para essa grandessíssima besta! Por isso, só para que fique claro, agradeço que não me lixem, e muito menos com um F dos grandes!

*Papageno escreve à 2ªfeira

Advertisements