E a escolha do Papageno para as Fotografias Marcantes é: Blurred Lines by Robin Thicke!

blurres

Fotografia retirada do vídeo Blurred Lines de Robin Thicke

Papageno*

Hoje acordei feliz…Eu mais eu…Com um sorriso nos lábios. Os raios de Sol escaldantes entravam pela janela e queimavam-me o rosto, forçava-me as pálpebras. Odeio o Sol, o calor, o verão, grrrrrrrrrr… até se me rangem os dentes… E no entanto é um eu feliz. Saio, corpo nu da cama… Aprecio o silêncio! Os sacanas dos passarinhos já se calaram. Sacanas sim, odeio passarinhos, se deles gostasse mudava-me para o campo, mas vivo na cidade, vá, arredores, mas o facto é que se os apreciasse não viveria na urbe, cum caneco! Não me atrapalho, nada! Desço as escadas… Entro na cozinha e sinto os azulejos gelados, um arrepio atravessa-me a espinha… Só hoje sou feliz…

Aqueço a água e faço uma caneca de café. Dá direito a um novo parágrafo! Um café é um cisma no meu dia, há um Papageno antes e outro pós café… Enquanto a água aquece meto o Please Pleas Me dos Beatles no gira-discos, sou um animal de velha guarda: ouve lá, queres saber um segredo? há um lugar… ai e o sabor do mel…  já agora, P.S. amo-te!  Agora venha o café solúvel, Nescafé com certeza! Acreditem, já experimentei de outras marcas, de negras e brancas, caros e baratos, mas no café solúvel é insuperável, passo a publicidade. Café e eu vamos dançando ao som dos quatro de Liverpool. Não os quero só para as horas más, nas boas também os convido: A coffee dessert, yes you know it’s good news

Banho comigo! Água quente a escaldar! A casa de banho parece um banho turco com tanto vapor! Vibro com a perspectiva de desenhar um qualquer smiley no espelho, ou quem sabe um símbolo fálico, só pela infantilidade do gestoWhat do we need steam for / You the hottest bitch in this place (cantarolo Robin Thicke)… Seco-me, mal, sempre mal! Adoro pingar a casa, é um luxo, é a minha casa, pingo-a se quiser, se não quiser não a pingo, mas eu quero, eu pingo! Visto-me. Uma qualquer t-shirt mal amanhada, calções e uns velhos All Star fazem a festa, hoje a estrela sou eu! Venha o carro!

Sento-me ao volante e ouço em repeat o que é para mim só o hit de verão, Blurred Lines by Robin Thicke, e berro a plenos pulmões: What do they make dreams for / When you got them jeans on. Desde quando é que a música de discoteca e de abanar o capacete se tornou tão profunda? A letra é boa, mas boa, hey, hey, hey E eu, hoje não tenho sonhos, apenas os jeans, e como a girl sou good! I feel so lucky porque queres abraçar-me, e sobretudo porque o céu é azul, e assim o é porque interage com o mais brilhante dos astros, o Sol! Nonsense?! Até pode ser, mas hoje sou feliz…

*Papageno escreve à segunda

Advertisements