mario-soares

                    “Vede como se amam!”

Uma lembrançazinha, para quem  agora é mais papista que o Papa: agora a culpa destas cenas de “violência” e das que virão ou não – eis a questão – é do governo? E o número de suicídios no Alentejo em 1978 e 1984? A culpa foi, na altura, do Dr. Soares?